Digital Influencer: Porque é que são tão populares?

Digital Influencers why are they so popular

Se já planeou uma estratégia de marketing digital para a sua marca, certamente considerou o marketing de influência (Influencer Marketing). Se chegou a levar a ideia adiante ou se ainda está a ponderar, poderá ainda estar a questionar-se sobre o impacto desta estratégia. Afinal, embora devamos seguir as tendências, a saúde do nosso negócio vem sempre em primeiro lugar.

De acordo com o relatório ‘Influencer Marketing 2020’ da Business Insider, até 2022 a indústria de influenciadores digitais valerá cerca de 15 bilhões de dólares. Consequentemente, isso representará um aumento de 7 bilhões de dólares em relação a 2019. Portanto, o que esses números nos dizem é que a forma como as pessoas tomam as decisões de compra está a mudar.

Com o aumento da popularidade das redes sociais, mais pessoas procuram líderes de opinião (opinion leaders) nessas plataformas para recomendações.  Devido a este fenómeno, o mercado publicitário mudou o seu foco para acompanhar essa tendência de consumo.

É seguro dizer que os influenciadores digitais, ou digital influencers, podem ser encontrados em qualquer rede social. Alguns influencers são mais populares do que outros, mas no final das contas o que realmente importa é o engagement com os seus seguidores.

O Instagram continua a ser a plataforma mais popular para os influencers, com o Facebook e o Twitter em segundo e terceiro lugar. No entanto, como profissionais de marketing, devemos ficar atentos ao Tik Tok e ao Twitch, porque essas plataformas estão a crescer em popularidade a cada ano devido ao grande número de seguidores entre adolescentes e jovens adultos.

Tabela de Conteúdo:

  1. Quem pode ser classificado como um Digital Influencer?
  2. Macro ou Micro-Influencers? 
  3. Por que trabalhar com influenciadores digitais é tão popular?

    1. Quem pode ser classificado como um Digital Influencer?

Existe uma constante confusão em rotular as celebridades como influencers. A resposta para isto é: depende. Iniciamos este tópico distinguindo influencers de celebridades, porque podem não ser a mesma pessoa.

Nem todas as celebridades são influencers nas redes sociais. A razão para isso é porque o trabalho de um influencer é envolver o seu público como criadores de conteúdo. Dessa forma, esses indivíduos dedicam horas do seu dia planeando, criando e produzindo conteúdo fotográfico e vídeo.

Para muitas celebridades, isso requer um tempo na sua agenda que elas não têm devido à sua prioridade como atores ou cantores. No entanto, existem celebridades que começaram na TV e são extremamente bem-sucedidas em redes sociais como influencers, entre estas estão a Kim Kardashian e a Selena Gomez. Progressivamente, mais celebridades estão a entrar no espectro de influencers de redes sociais para permanecerem relevantes.

O que torna os influencers tão interessantes é o facto de serem tão diferentes e terem nichos muito específicos. E a cada dia que passa mais um nicho é descoberto. Além disso, eles podem estar mais próximos do que pensa.

Por exemplo, o seu colega de trabalho pode estar a partilhar dados relevantes do setor no LinkedIn e ter conquistado um grande número de seguidores fiéis. Por outro lado, a sua vizinha com três filhos pode ter uma conta no Instagram onde partilha receitas e dicas de organização doméstica.

Embora o tamanho dos seus seguidores seja importante, é ainda mais importante o impacto no seu nicho. Dependendo da sua estratégia de marketing e de quem deseja atingir, optar por dez micro-influencers (microinfluenciadores) pode ser melhor que um macro-influencer (macroinfluenciadores).

Macro and Micro Influencers Link37

    2. Macro ou Micro-Influencers?

Numa entrevista para o podcast “Discussions in Digital” da Mckinsey, Katie Freiberg, diretora de growth marketing (marketing de crescimento) da ThirdLove, classificou os micro-influencers como indivíduos com 1.500 a 5.000 seguidores, cerca de 100.000 seguidores são médios e mais de 500.000 são considerados macro. A classificação de micro e macro influencers muda de marca a marca, conforme a sua perspectiva. Algumas marcas fazem classificações mais específicas como por exemplo nano e mega-influencers.

Micro-influencers estão cada vez mais populares entre os profissionais de marketing devido à sua alta taxa de engagement entre o seu público. Influencers abaixo de 5.000 seguidores têm uma média de engagement de 5,3% em comparação com os acima de 100.000 seguidores que reúnem uma taxa 1,1% de engagement. Como o investimento é menor, algumas marcas preferem apostar em muitos micro-influencers para multiplicar o impacto das campanhas. De qualquer forma, essa não é uma receita definitiva para o sucesso, pois dependerá do seu mercado e da escolha criteriosa de influencers.

    3. Por que trabalhar com influenciadores digitais é tão popular?

Para responder a essa pergunta, devemos olhar para a forma como as pessoas consomem atualmente. Cerca de 46% dos entrevistados de um estudo global dizem que seguem influencers para obter recomendações de produtos. Além disso, no mesmo estudo, foi revelado que 74% dos consumidores gastariam até 629$ (513€) em itens recomendados pelos seus influencers favoritos.

Esses indivíduos têm um impacto enorme nesses consumidores porque eles os consideram relacionáveis e se sentem mais próximos deles do que das marcas. Embora muitas celebridades promovam uma marca numa produção com grande orçamento, os influencers normalmente analisam criticamente o produto e dão a sua opinião. Desta forma, são pressionados a promover produtos de qualidade porque é o esperado.

 

A marca de luxo ‘Fendi’ e estrela em ascensão do Tik Tok, Wisdom Kaye

Wisdom Kaye é, sem dúvida, um dos influencers do Tik Tok mais populares na área da moda. O seu aumento instantâneo de popularidade rendeu-lhe um número impressionante de 4,9 milhões de seguidores na plataforma.

A Fendi, que é uma marca italiana de moda de luxo, patrocinou Kaye com uma caixa de roupas e acessórios em tamanho humano. Kaye criou diferentes looks de moda com base nos seus produtos e postou um vídeo. Este vídeo, com menos de um minuto foi visto por mais de 3,3 milhões de pessoas e obteve mais de 969 mil gostos.

@wisdm8

Many thanks and much love to@fendi

♬ 80’s – prettyboyshav

A marca de fitness ‘Fabletics’ e micro-influencers

A Fabletics fez parceria com dezenas de micro-influencers no Instagram para a sua campanha #KickButtLookCute, que reuniu milhares de gostos em diferentes contas. Com esses micro-influencers, eles puderam atingir o seu público-alvo da marca de uma forma mais pessoal e relacionável.

O marketing de influencers é uma excelente oportunidade para ganhar visibilidade da marca e melhorar as vendas. No entanto, se não for planeada com cuidado, essa parceria pode danificar a imagem da sua marca. Isto quer dizer que deve escolher cuidadosamente os influencers que melhor correspondem à imagem e ao ideal da marca.

Na Link37 desenvolvemos campanhas de redes sociais que visam melhorar a sua posição em qualquer plataforma. Após uma análise aprofundada, determinamos quais são as melhores estratégias para si. Marque uma reunião connosco para saber mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *